Aconcagua Expeditions

Acampamentos em Cerro Aconcagua

Acampamentos base Plaza de Mulas e Plaza Argentina

Acampamentos de Aproximação - Acampamentos de Altura

São as áreas destinadas ao assentamento dos visitantes do parque. Geralmente servem como resguardo do vento e das avalanchas, possuem água potável e/ou geleiros para sua geração; servem também como base para guarda-parques e serviços médicos.


Podemos distinguir 3 tipos de acampamentos em Aconágua:

De aproximação: utilizados como descanso entre um ponto e outro, geralmente entre a rota e o acampamento base.
Base: utilizados geralmente para aclimatar e se preparar para atingir o cume.
De altura: localizados já sobre o cerro, conformando pontos intermédios entre a base e o cume.



Acampamentos de Aproximação

Como é conveniente realizar uma aproximação lenta para facilitar a aclimatação e evitar os problemas do mal de altura, recomenda-se utilizar estos acampamentos durante os dias de aproximação aos acampamentos base. Todos em geral apresentam boas condições para acampar.


Sobre a Rota Normal (na Quebrada de Horcones):
Horcones (2.850 m.s.n.m.): só é utilizado por visitantes estrangeiros que não passam a noite em Puente del Inca ou Penitentes para não começar a caminhada o mesmo dia da saída da cidade de Mendoza. Esta parada é utilizada geralmente para preparar o equipamento e a trouxa correspondentes da expedição. É pouco utilizado já que o acampamento deve ser em tendas e a poucos minutos se encontram hotéis e refúgios dos prestadores.

Confluencia (3.200 m.s.n.m.): para descansar após uma longa caminhada e se preparar para a ascensão ao Monte Aconcagua, é aconselhável dormir uma noite em Confluencia, antes de chegar a Plaza de Mulas. Possui água potável além de um lugar para armar as tendas e serviço de guarda-parques. É o mais visitado da Quebrada pela localização e os serviços que possui.

O nome provêem da união dos Rios Horcones Superior e Inferior. Desde Horcones são aproximadamente 4 horas de caminhada.

Refúgio Ibañez (3.400 m.s.n.m.): encontra-se localizado aproximadamente entre Confluencia e Plaza de Mulas. Tendo em conta que se trata de uma longa jornada, muitos visitantes preferem realizar outro acampamento intermédio. Embora não há nenhum tipo de serviço, se conta com água potável e lugares cômodos para o acampamento.

 

Sobre a Rota Glaciar dos Polacos (a Quebrada do Rio Vacas):
Punta de Vacas (2.600 m.s.n.m.): ponto de partida para Plaza Argentina principalmente. Está localizado sobre a Rodovia Nacional 7, 16 quilômetros distante de Puente del Inca. Poucos o usam como primeiro acampamento pela vizinhança que apresenta Pampa de Leñas. O posto de Guarda-parques controla aqui as permissões de ingressos.

Pampa de Leñas (3.100 m.s.n.m.): para chegar se remonta para o norte pelo “Río de las Vacas" através da quebrada. Há água potável e a senda está bem delineada. Sobre a direita do rio, a 15 quilômetros se encontra o refúgio Casa de Leñas (3 a 6 horas). Este acampamento possui um posto de guarda-parques.

Casa de Piedra (3.800 m.s.n.m.): sobre a esquerda do mesmo rio se eleva o pequeno refúgio a 32 quilômetros de Pampa de Leñas, frente à desembocadura da Quebrada de los Relinchos. Pelos anos e as tormentas este refúgio é difícil de achar, já que às vezes está tapado e também mimetizado com a geografia do lugar, nos arredores do refúgio há água. (5 a 8 horas)



Aconcagua - Acampamentos Base


Sobre a Rota Normtal
Acampamento Base Plaza de Mulas

O acampamento base (4.260 m.s.n.m.) da rota normal e suas variações chama-se de Plaza de Mulas e podem ser distinguidas duas zonas de acampamento:
Plaza de Mulas inferior: utilizado unicamente para acampamentos de pessoal militar. Está perfeitamente marcado e possui além de água potável um heliporto para duas aeronaves.
Nueva Plaza de Mulas: Localizado na morena seguinte para o norte.

Quando se fala de Plaza de Mulas se faz referência a este segundo. Possui água aos seus arredores e grandes rochas que protegem a localização de tendas. É o acampamento mais visitado do Parque e também o mais popular.
O acesso a Plaza de Mulas é simples, já que existe uma senda perfeitamente marcada pelo trânsito permanente de montanhistas e gado. O caminho desde Puente del Inca (2.700 m.s.n.m.) é de 36 quilômetros e 1.500 metros de desnível. É aconselhável realizar a aproximação em duas jornadas, tomando Confluencia como acampamento intermedio. Plaza de Mulas é um excelente lugar para lograr a aclimatação necessária. Desde ali é possível ascender numa única jornada (como máximo em duas) os cerros vizinhos, todos superiores a 5.000 metros de altura. Encontra-se também perto a geleira Horcones Superior, um magnífico lugar para visitar e praticar escalada em seus grandes gendarmes e torres de gelo.

Tempos de Trekking

Puente del Inca - Confluencia (3 a 6 horas)
Confluencia - Plaza de Mulas (7 a 10 horas)
Rotas de acceso: Ruta Normal - Filo Suroeste - Cara Oeste - Glaciar de los Polacos.



Aconcagua Rota Normal
Acampamentos Confluencia e Plaza de Mulas

 

Sobre a Rota Glaciar dos Polacos:
Acampamento Base Plaza Argentina

Localizado a 4.100 m.s.n.m. Plaza Argentina é um muito bom lugar para acampar. É utilizado para a ascensão do Glaciar dos Polacos. Não se encontra nenhuma infra-estrutura e está dividida em parcelas distribuídas entre os fornecedores de serviços, conta com um bom serviço médico e um posto permanente de guarda-parques.
Caracteriza-se por ser uma grande planície muito exposta aos ventos, mas com abundante água potável. A aproximação desde Punta de Vacas é de 60 quilômetros e pouco mais de 2.000 metros de desnível. É conveniente realizá-la em três jornadas. Deve-se ter em conta que o ascenso ao Glaciar dos Polacos só está permitido a maiores de 21 anos.

Tempos de Trekking:
Punta de Vacas – Refúgio Leñas (3 a 6 horas)
Refúgio Leñas – Refúgio Casa de Piedra (5 a 8 horas)
Refúgio Casa de Piedra – Plaza Argentina (5 a 8 horas)



Aconcagua Rota Glaciar dos Polacos
Acampamentos Pampa de Leñas, Casa de Piedra e Plaza Argentina

 



Sobre a Rota Glaciar dos Polacos variante Guanacos:
Acampamento Plaza Guanacos

Este acampamento a 3650 m.s.n.m. é o último estabelecido. Foi criado em 1995 pela crescente demanda de rotas alternativas sobre o cerro. Está localizado a 70 quilômetros de Punta de Vacas (9 horas de Casa de Piedra), ao fundo do Valle del Río Vacas. Embora conta com água potável o acampamento não conta com nenhum outro tipo de serviço. Não se instalaram fornecedores de serviços, guarda-parques nem serviço médico. A inspeção se realiza de forma periódica, fundamentalmente pela companhia eventual dos guarda-parques desde Pampa de Leñas.

Tanto o acampamento como as rotas a seguir desde ali são muito pouco freqüentadas, e devido ao afastamento geográfico que este apresenta as expedições e/ou fornecedores que desejem visitá-lo deverão cumprir com uma série de normas já estabelecidas (para ver maior informação visite …).



Sobre a Rota Parede Sul:
Acampamento Plaza Francia

A 4.100 m.s.n.m., é o início para a ascensão à parede Sul. Lá se pode acampar facilmente perto de arroios que descem pelos contrafortes. É um lugar sem vegetação e os ventos geralmente não são problema. Sim pode apresentar alguma dificuldade não saber localizar as tendas esquivando as fortes descidas das rochas dos contrafortes vizinhos. Seria fatal subestimar essas quedas de pedras. Partindo desde Puente del Inca, há 26 quilômetros e aproximadamente 1.400 metros de desnível. O caminho está perfeitamente marcado pelas longas caminhadas dos montanhistas e pela pisada dos animais de carga . É possível chegar a Confluencia num só dia (7 a 13 horas). Para lograr uma melhor adaptação e aclimatação se pode praticar escalada e se familiarizar com a rocha da zona nas paredes dos grandes gendarmes vizinhos.

 

Neste acampamento não há Guarda-parques e o controle se realiza em forma periódica segundo o afluxo de visitantes. Não existe nenhuma infra-estrutura de refúgio. Para chegar não é necessário atravessar o rio como para ir para Plaza de Mulas (ver mapa). Chega-se caminhando pela senda da esquerda da quebrada.
Tempos de Trekking:
Puente del Inca – Confluencia (3 a 6 horas)
Confluencia – Plaza Francia (3 a 5 hs.)



Aconcagua Rota Parede Sul
Acampamentos Confluencia e Plaza Francia



Acampamentos de Altura

São os lugares utilizados durante o ascenso ao cerro e que têm pelo geral lugares reparados dos fortes ventos, com arroios ou na maioria geleiros para a provisão de água.

 

Sobre a Rota Normal

Existem vários roteiros possíveis para a ascensão. A escolha dos acampamentos e dos dias de permanência em cada um deles é feita, geralmente, dependendo das condições da temporada, estado psíquico e físico do grupo, gostos, etc. O primeiro acampamento costuma se montar em Plaza Canadá (4930 m.s.n.m.) ou em Cambio de Pendiente (5200 m.s.n.m.). O segundo acampamento é montado em Nido de Cóndores (5350 m.s.n.m.). O terceiro acampamento costuma ser feito na região denominada Berlín, ali se encontram três pequenos refúgios: Plantamura, Libertad e Berlín (5770 m.s.n.m.), ou em Cólera (5950 m.s.n.m.) ou mais em cima, em Piedras Blancas (6050 m.s.n.m.) ou Piedras Negras (6250 m.s.n.m.), e dificilmente Independencia (6500 m.s.n.m.). Geralmente a escolha desse terceiro acampamento é realizada dependendo do último acampamento que se tenha sido montado.

É importante destacar que não pode se contar sempre com os refúgios devido à grande concorrência de pessoas e ao mal estado em que estes se apresentam. Por outro lado alguns acampamentos só têm espaço para poucas tendas, é por isso que se recomenda consultar sempre aos Guarda-parques antes de começar a ascensão.

 

Sobre Glaciar dos Polacos

Por esta via os roteiros a seguir são basicamente dois. Ou por Plaza Argentina ou por Plaza de Mulas. Embora o segundo é mais curto e conta com melhores serviços, o primeiro é menos transitado e mais bonito.

Caso escolher o caminho que parte de Plaza Argentina, o primeiro acampamento costuma se situar quase 5000 m.s.n.m. (Campo 1) no primeiro contraforte de rochas. E o segundo a 5600 m.s.n.m. (Campo 2) entre grandes rochas situadas bem à direita (esquerda orográfica) da língua inferior da geleira.

 

Sobre o Lado Este

Partindo de Plaza Argentina e remontando para o este se alcança a base do Glaciar Este a 4900 m.s.n.m., onde poderá ser localizado o primeiro acampamento. Logo, segundo o treinamento e preparação, poderá se seguir ao cume numa ou duas jornadas. Caso ser necessário se deve realizar um ou dois bivaque, em lugares a encontrar ao longo da caminhada. Do mesmos modo que na Parede Sul, os acampamentos são muito variantes e não podem ser pré-estabelecidos.

 

Sobre a Parede Sul

Pela dificuldade técnica que esta via apresenta, são utilizados para pernoitar lugares que não estejam muito expostos aos derrubamentos e às avalanchas, sem ser estabelecidos os acampamentos habituais.


Baixar mapa detalhado >>>Mapa.pdf (2,260kb)